As várias formas de amar

hands-437968_1280.jpg

Olá meus queridos!!

O post de hoje vai ser sobre as formas de amar. O amor é um sentimento lindo e quando é correspondido fica melhor ainda. Nós aprendemos a amar, desde pequenos. Amamos nossos pais, irmãos, amigos, namorados, filhos, maridos ou esposas, sobrinhos, etc. Cada um forma diferente. Uns com mais intensidade e outros com um pouco menos.

O amor pelos pais é a primeira forma de amar. É um amor tão grande que mesmo existindo algumas desavenças ele nunca acaba. Um amor dão grande que muitas vezes não queremos sair de perto deles. Um amor que nos acalenta, que nos acalma, que nos dá paz, tranquilidade e segurança.

baby-2416718_1280 (1).jpg

Depois é a vez dos irmão, que assim como os amigos, são as “segundas pessoas da qual amamos. Os irmão são nossos amigos, muitas vezes confidentes. É um amor mais conturbado eu diria, mas com uma intensidade muito grande. Quem tem irmãos assim saiba conservá-los.

Um amor de amigos é aquele que é quase de irmão. O amigo quando é fiel e verdadeiro acaba se tornando como um irmão pra gente. É com eles que fazemos as nossas confidências mais íntimas. Se tem uma cumplicidade enorme e para sempre. Os bons amigos são aqueles que mesmo depois de uma briga, sempre estão se perdoando.

E o que dizer do nosso “primeiro amor”, aquele primeiro namorado que muitas vezes acaba se tornando marido e mulher ou foi ficou apenas como o título de primeiro namorado. É onde a gente descobre o que é gostar de alguém que não seja de dentro da sua casa. Um amor diferente entre duas pessoas que pode um dia acabar ou não.

hands-2847510_1280.jpg

Mas não existe nada mais forte do que o amor de um pai ou de uma mãe pelo seu filho. É um amor puro e sincero, um amor singelo, um amor cheio de ternura. É o único que a gente pode confiar cem por cento. Muitas vezes eles brigam com a gente, mas é para o nosso bem. Quem nunca fez uma bagunça na vida e foi chamado a atenção por conta disso? Esta é uma forma que eles tem de nos proteger e dizer que nos ama.

E ainda tem o amor dos avós. Que é aquele regado a doçura, onde podemos tudo, onde recebemos carinho mas sem nenhuma cobrança. Os nossos avós são aqueles que sempre passa a mão na nossa cabeça em qualquer momento. É onde nos sentimos um pouco mais de mimos.

Amar pode ser a melhor coisa do mundo e a melhor coisa que pode nos acontecer. Muitas vezes a vida nos prega alguma peça e por algum motivo nos tira ou arranca aquela pessoa que tanto amos de perto da gente e leva pra muito longe e para nunca mais voltar. Nestes casos, o melhor a se fazer é aceitar os desígnios de Deus afinal, é ele que sabe de todas as coisas.

heart-2867205_1280.jpg

O amor é um dos sentimentos mais puro que possa existir. Nunca abandone quem te ama de verdade. Saiba perdoar se for possível, mas não deixe este sentimento morrer dentro de você. Não deixe que uma bobeira acabe com o que há de mais significante que existe em nós.

Ame, mas faça isso com intensidade, com verdade, com sinceridade. Ninguém vive bem se não for amado, se não se sentir amado. Faça com que tudo ao seu redor valha a pena. Ame sempre e não deixe este amor de perder.

Um beijo no coração de vocês!!

 

Anúncios

2 comentários sobre “As várias formas de amar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s