Mais amor, menos toxicidade

lavender-2443210_1280.jpg

Olá meus queridos!!

Hoje vamos falar sobre toxicidade. Esta palavra virou moda no últimos anos principalmente nos relacionamentos. A toxicidade das pessoas nos prejudicam muito seja na família, no trabalho ou mesmo entre amigos. São aquelas pessoas que você se sente pesada quando se encontra com elas como se sua energia tivesse sido sugada.

São pessoas capazes de potencializar as nossa fraquezas e frustrações. Elas tentam te deixar pra baixo, sem autoestima. São aquelas pessoas não consegue ver ninguém feliz, que sente inveja de tudo e de todos. O melhor a fazer com estes pessoas é ficar longe delas.

Acontece também da pessoa ser tóxica inconscientemente. Às vezes só um pensamento maldoso já é capaz de prejudicar o outro. É bom refletir bem sobre os seus pensamentos e para onde está direcionando-o. Pode nem ser a sua intensão prejudicar ninguém mas o que você deseja a alguém mesmo você não falando pode sim refletir nela de modo negativo.

Podemos citar pessoas vitimistas, egoísta e manipuladoras como exemplos de toxidade. Pessoas manipuladoras estão sempre querendo transformar os outros e tentando convencer de que o outro está errado o tempo todo ou são incapazes de fazer alguma coisa direito.

reflection-1461298_1280.jpg

As pessoas tóxicas só ficam nos puxando pra baixo, nos desvalorizando e tentando nos levar ao fracasso. Também nos critica pelos nosso sonhos. Devemos saber rejeitar este tipo de pessoas, saber nos defender delas, de rejeitar as suas opiniões. Nunca devemos nos fazer de vítimas, para elas não pensarem que já estão com a batalha ganha.

Em relação a nós, não devemos ser orgulhosos para não ferir os outros. Devemos sempre aceitar os nosso erros e admiti-los. Quando ferimos alguém também estamos sendo tóxicos. Um outro fator que faz com que nos tornemos tóxicos é a negatividade. Cuidado com o que você deseja.

Hoje em dia as pessoas estão falando tudo o que vem na sua cabeça e achando que isso é bonito e não percebem que estão machucando ou ofendendo alguém. Eu ouço muito a expressão: “eu falo mesmo”, sem importar se esta atitude está ofendendo o outro ou não. Muitas vezes uma palavra dita no hora errada pode fazer um estrago tremendo.

O que é muito comum hoje em dia também são as pessoas generalizarem tudo (o que é extremamente errado). Isso é outra coisa que não devemos fazer. Pessoas problemáticas existem e sempre existiu mas cada uma tem um tipo de comportamento o que muda são as carências, os medos ou o vazio de cada um.

daisy-2313971_1280.jpg

As pessoas tendem a extravasar as suas frustrações nos outros e isso faz com que elas se tornem tóxicas. São pessoas com o emocional baixo e sem empatia. A toxicidade é uma forma de tentar enfrentar as emoções, porém sem sucesso. O que faz com que desconte em quem tiver na sua frente.

Tratar com gente assim é muito ruim. Eles nunca acham que estão errados mesmo nos machucando. Parece que sentem prazer em fazer isso. Geralmente são prepotentes, arrogantes e querem tudo para si. Não sabem dividir nada com ninguém, se acham os donos da verdade.

Devemos passar bem longe destas pessoas. Não é difícil de perceber estes tipos. Mesmo não sendo num primeiro momento, mas elas sempre acabam mostrando a sua verdadeira face, as máscaras dia menos dia vão cair isso é certo. E quando isso acontecer, fique a maior distância possível delas.

Eu acredito que todos mundo que esteja aberta e disposta a mudar consegue reverter esta situação e se tornando pessoas do bem e positivas. Elas tem que querer e procurar ajuda.

A primeira coisa que uma pessoa tóxica deve fazer para mudar é aceitar que se é tóxico e que está prejudicando não só os outros mas a você também. Aceitar esta condição envolve ser sincero e responsável emocionalmente. Ela deve prestar atenção em seu comportamento e também em seu pensamento, ela deve detectar o grau de toxidade que se usa e descobrir o que não está lhe fazendo bem emocionalmente e que você tenta esconder de todo mundo.

 É muito importante aceitar os seus conflitos e parar de descontar em quem não tem nada com isso. O mundo está muito carente de amor, carinho ou qualquer outro tipo de afeto. Não se deve desdenhar de ninguém. Pessoas frustadas também sofrem muito e mesmo não percebendo pode estar machucando quem mais ama.

Devemos ser maduros o suficiente para saber assumir e controlar a nossas emoções, perceber que se estamos prejudicando o outro e parar, refletir e saber assumir os erros – aliás, ninguém tem culpa do que está acontecendo com você. Só nós somos capazes de mudar a nossas emoções.

daisy-2314031_1280.jpg

Como podemos mudar a nossa responsabilidade emocional?

  • Praticando a inteligência emocional – temos que entender que só nós somos os responsáveis pelo que sentimos e saber gerenciar estes sentimentos
  • Evitando responsabilizar os outros – mesmo porque as nossas emoções só pertencem a nós mesmo.
  • Assumindo o controle dos seus sentimentos – nossas emoções as vezes pesam e muito, mas nós devemos assumi-la.
  • Canalizando as nossas emoções – procure alguma maneira de extravasar a sua raiva. Não deixe ela presa dentro de você. Mas nada de descontar nos outros.
  • Escolhendo a sua atitude – procure ter atitudes coerentes e maduras. Não se prenda a fatos que não possa mudar.

Ser tóxico é um modo que a pessoa encontra de se proteger das feridas e acaba descontando nos outros. A vida pode nos parecer muito simples, mas pelo contrário ela é mais complexa do que imaginamos. Mas devemos saber nos defender dos males e das voltas que a vida dá.

Muitas vezes nós mascaramos o que realmente estamos sentido e quem realmente somos. Muitas pessoas vivem acuadas e frustradas dentro de uma carcaça que não é dela.

Vamos amar mais o nosso próximo e parar de acusa-los por tudo de ruim que esteja passando na sua vida. Tem uma hashtag que eu gosto muito que é: #maisamorporfavor (mais amor por favor). Então, vamos praticá-la.

Um beijo no coração de vocês!!!

 

Anúncios

4 comentários sobre “Mais amor, menos toxicidade

  1. Olá Angélica Lavorato amei o seu artigo, sobre a “toxidade” das pessoas. Concordo plenamente de que o Mundo está “faminto” de mais amor, carinho e de afeto. As pessoas precisam mudar, precisam começar a amar-se mais a si mesmas e depois começar a amar os demais, respeitando-as. Obrigado pelas dicas de como mudar a nossa inteligência emocional. Muito sucesso e felicidade para si! Bjinho do @mvaidoso

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s